Renault Duster Oroch 2016: uma análise completa

Renault Duster Oroch 2016: uma análise completa

Uma picape que veio em cheio ocupar um espaço que ainda estava vago no mercado brasileiro. Essa é a Renault Duster Oroch, uma mistura de SUV com picape que fica maior que as picapes menores e mais econômica que as picapes maiores. Na prática, uma escolha em cheio da Renault em busca de novos clientes.

Porém, embora muito se tenha falado sobre o modelo que mescla uma SUV já de sucesso com um produto inédito da Renault pelo menos no Brasil, ainda tem muita gente com um pé atrás sobre a Renault Duster Oroch. Afinal, ela vale a pena? É para responder essa pergunta que estamos aqui.

Renault Duster Oroch 2016, os pontos fortes ou os benefícios do meio-termo!

A primeira grande sacada da Renault com sua picape foi a busca por um ponto de comparação. Se você compara com a Saveiro e a Strada, por exemplo, percebe que ela é maior e mais confortável. Quando compara com a S10 ou a Ford Ranger, percebe que ela é muito mais econômica. Apenas por esse meio termo, já vale muito a pena investir nela.

Seu espaço traseiro permite confortavelmente o acesso a 2 passageiros, que conseguem entrar e sair de forma mais cômoda do que na Strada ou Saveiro. O fato de ser 4 portas também ajuda bastante nesse quesito.

Já a sua dirigibilidade entra em um caminho seguro, parecendo mais com a de uma SUV do que de uma picape. Ponto positivo, já que ela fica mais macia e com um câmbio mais suave para as mudanças de marcha. Dentro da Renault Duster Oroch, mesmo na hora de estacionar você se sente mais confortável do que em outras picapes. Seu tamanho, embora maior que a Duster, não dificulta muita, e a caçamba, apesar de espaçosa, não traz prejuízos para as manobras.

renault-duster-oroch-2

Por fim, suas suspensões traseiras também oferecem um conforto extra. Se o seu negócio é andar muito em estrada esburacada, com certeza perceberá um conforto acima da média escolhendo a Renault Duster Oroch ao invés de suas outras concorrentes diretas.

Pontos negativos da Renault Duster Oroch 2016, um motor que não é tudo aquilo.

O principal ponto negativo da Renault Duster Oroch é o seu motor. A versão 1.6 deixa a desejar quando se quer testar mesmo sua potência, e mesmo a versão 2.0 fica um pouco defasada quando se coloca muito peso na caçamba. É claro que a maioria dos proprietários do veículo não utilizam a Oroch para o trabalho, mas mesmo assim, é estranho ter uma picape com um torque não muito bom.

Outro ponto negativo é o seu acabamento interno. Nesse sentido, até parece que os engenheiros esqueceram que precisavam oferecer alguns diferenciais, e apenas copiaram a parte interna da Duster nessa picape, deixando-a muito defasada.

Além disso, os itens de segurança da Renault Duster Oroch deixam muito a desejar. Mesmo a versão mais completa, nada mais do que os itens básicos são oferecidos. O que nos faz pensar se a Renault não poderia ter buscado outras formas de economizar para o custo final dessa picape.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Post Comment