Mitsubishi: Os três diamantes que conquistaram o mundo

Mitsubishi: Os três diamantes que conquistaram o mundo

O grupo Mitsubishi é considerado um dos 10 maiores do mundo, com mais de 200 grandes empresas em 180 países e com mais de 3 milhões de pessoas de empregados.

Apesar de ter no setor automobilístico, o seu principal mercado, o maior conglomerado empresarial asiático atua em diversos campos como: hotelaria, construção, bens imóveis, mineração, seguros, maquinaria, transporte, preservação ambiental e desenvolvimento de pesquisas científicas que visam cura de várias doenças como Aids, câncer, entre outras.

A história dos três diamantes

Tudo começou em 1870, com a empresa Mitsuwaka (três rios, em japonês), com três barcos a vapor, quando o navegador Yataro Iwasaki explorava a rota comercial entre China e Rússia. Ao longos dos próximos três anos, os negócios prosperaram e Iwasaki rebatizou a companhia “Mitsubishi Shokai”.

O nome Mitsubishi é dividido em duas partes: “mitsu” – três e “bishi” – castanha de água, logo por consequência “losango”. Isso reflete na logomarca da empresa. O nome Mitsubishi também pode ser traduzido como “três diamantes”.

Anos mais tarde, Koyata Iwasaki, neto do fundador Yataro e quarto presidente da Mitsubishi, previu o imenso potencial dos veículos motorizados e o papel fundamental que os carros viriam a desempenhar na economia do Japão.

A Mitsubishi Motors

Nascida entre os avanços tecnológicos do século XX, a Mitsubishi Motors, em 1917, lançou o primeiro veículo produzido em série no Japão, o Mitsubishi Model A.

Com a filosofia “carros que inspiram”, a Mitsubishi Motors produz veículos que se baseiam em perfeição, desempenho, adrenalina, paixão e velocidade. A empresa se destaca pela alta performance, tecnologia, design, resistência e excelente qualidade e ainda conta com divisões voltadas para tecnologias específicas como a Ralliart.

A divisão Ralliart é responsável pelos veículos esportivos de alta performance para competições de ralis, off-road e esportivos como o Lancer Sportback. O Rally Paris Dakar, competição mais difícil e extrema do mundo, é considerado o principal laboratório de testes da Ralliart. A Mitsubishi é a única marca que já ganhou 12 vezes.

Atualmente, a Mitsubishi Motors é a quinta maior montadora japonesa com mais de 20 modelos diferentes de veículos, entre eles, Lancer, Pajero, Outlander, ASX e L200. A empresa comercializa seus caminhões e ônibus para mais de 160 países ao redor do mundo. Em 2014, a montadora vendeu mais de 1.5 milhões de automóveis no mundo, faturando US$ 27 bilhões.

A marca no Brasil

Desde 1991, as primeiras unidades dos veículos da Mitsubishi chegaram no Brasil. A partir de 15 de julho de 1998, a história da montadora no país mudou completamente, pois a primeira linha de montagem do Mitsubishi L200 foi produzida diretamente da fábrica instalada em Catalão- GO.

Hoje em dia, são produzidas na fábrica brasileira 90 a 100 unidades/dia dos modelos Pajero Sport, L200 Triton, Pajero TR4 Flex e L200 Outdoor, e os veículos da linha Competition. No Brasil, a Mitsubishi possui 180 concessionárias e já alcançou a marca de quase 500 mil automóveis vendidos.

Este ano, a montadora almeja dobrar as vendas no Brasil com a estratégia de produzir os modelos como o sedã médio Lancer, o novo ASX e o Outlander.

A Mitsubishi brasileira produz continuamente a L200 para campeonatos de rali, como o Rally dos Sertões, considerada a maior prova off-road do Brasil, em que o modelo L200 Triton acumula seis títulos dos 10 que a Mitsubishi já conquistou na competição.

Pensando no futuro

O projeto mais recente do centro tecnológico da montadora no Japão é o Mitsubishi Outlander PHEV em que reúne tecnologia elétrica do iMiev (capacidade off road da Pajero e tração do Lancer Evolution). Com essa mistura tecnológica, é possível percorrer mais de 52 quilômetros sem utilizar gasolina. Com isso, a marca Mitsubishi demonstra uma responsabilidade ecológica e sua visão de futuro.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Post Comment