Ford Fiesta

Ford Fiesta

Tendo a posição de terceiro veículo mais vendido da montadora Ford, o Fiesta é considerado um modelo hatch compacto. Na Europa, o modelo já existia há quase quarenta anos, mas no Brasil ele só estreou em 1995 ao ser importado da Espanha. Originalmente batizado de Bobcat, o nome Fiesta pertencia à General Motors, que veio a ceder o nome para a Ford. Em 2014, para dar lugar ao Novo Ka, o Fiesta deixou de ser produzido pela Ford assim como o Ka antigo. Para quem está interessado em saber mais sobre o Ford Fiesta, é só continuar a ler esse artigo.

Sob o capô

O Fiesta tem duas opções de motor: o Rocam 1.0 8V Flex, que pode chegar a 73 cv com álcool e 69 com gasolina, e o Rocam 1.6 8V Flex cuja potência vai de 101 cv com gasolina a 106,6 com etanol.

Mudanças no modelo

Assim como outros diversos modelos da Ford, o Fiesta começou com linhas bem quadradas e veio se tornando mais arredondado com o tempo; embora isso tenha sido presenciado na Europa e não no Brasil. Aqui, em 1999, o veículo recebeu o motor Zetec Rocam e depois recebeu uma mudança visual bem expressiva em 2002, quando começou a ser fabricado na Bahia.

Daí, adotou o motor 1.0 Zetec Rocam Supercharger, ficou mais comprido, mais alto e mais largo, além de ganhar alguns milímetros a mais entre eixos. 2004 trouxe a tecnologia biocombustível para o motor 1.6, mas o 1.0 só recebeu em 2006. Mais um facelift expressivo ocorreu em 2010 para lançamento da linha de 2011, e o novo design do Fiesta também foi criado em Camaçari, na Bahia. Vieram novos itens de série, o carro ganhou uma nova frente e foram lançadas novas versões do modelo.

Diferentes versões

Oficialmente, as versões do Fiesta são seis: Hatch 1.0 Flex, Hatch S Plus 1.0 Flex, Hatch SE 1.0 Flex, Hatch SE Plus 1.0 e ainda Hatch Rocam 1.6 Flex e Hatch SE Plus 1.6 Flex. Além da motorização, a principal diferença é que nos modelos Hatch SE Plus 1.0 e 1.6 a maioria dos itens está disponível, como é o caso de airbags duplos, freios ABS e ainda computador de bordo e faróis de neblina que só estão disponíveis para o 1.6.

Substituição

Em busca de conquistar novos mercados e alavancar as vendas do novo modelo – so Novo Ka – oferecido pela montadora, a Ford deixou de fabricar alguns outros veículos, incluindo Fiesta. Essa é uma prática comum feita por montadoras antes do lançamento de um novo automóvel.

Itens de série

  • Tomada com saída dianteira
  • Luz no porta malas e porta luvas
  • Freios a disco
  • Indicador de revisões
  • Alarme
  • Travamento sensível à velocidade
  • Vidro traseiro com anti-embaçante e limpadores de pára-brisa
  • Vidros elétricos

Vantagens do automóvel

  • Conforto
  • Design externo
  • Boa suspensão
  • Espaçoso
  • Porta malas excelente
  • Mecânica robusta
  • Estabilidade ao dirigir
  • Bom custo-benefício

Desvantagens

  • Motor 1.0 fraco
  • Perda de potência com o ar condicionado
  • Gasto de combustível
  • Ruídos internos
  • Acabamento interno ruim
  • Ar condicionado sem filtro
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Post Comment