Freio à disco e freio ABS: Saiba a diferença!

Freio à disco e freio ABS: Saiba a diferença!

Existem dois tipos de freios nos veículos, o freio a disco e o freio ABS (Antilock Braking System, “Sistema de Freio Antitravamento”, em português). A diferença entre os dois está no bombeamento do fluído das pastilhas. O freio a disco provoca a derrapagem do veículo, pois no momento da freada as rodas do veículo param totalmente, por causa do impulso do condutor. Já no sistema de freios ABS, o carro não para de imediato, mas sim aos poucos. Assim o carro não derrapa e a aderência com a pista também é maior. No freio ABS você consegue fazer uma frenagem firme que possibilita ao motorista até mesmo fazer curvas. É tudo uma questão de controle sobre o veículo.

O que acontece na frenagem

Quando o veículo não tem freios ABS e o motorista precisa frear, o carro “sai da linha”. Em uma curva, por exemplo, ele roda e faz com que o veículo saia da estrada. Já com o AVS, mesmo não segurando o motorista na pista em todos os carros, o motorista tem mais autonomia sob o veículo pela maior aderência proporcionada pelo sistema de freios. Apesar da segurança, o motorista deve ser cuidado e, em dias de chuva, por exemplo, mesmo com esse sistema de freios ABS, deve reduzir a velocidade e redobrar a atenção. O motorista deve pisar fundo no pedal do freio para que sistema ABS funcione.

Detalhes técnicos

Também há uma diferença de atritos quando comparamos os freios a disco e ABS. No caso dos freios a disco, quando freamos acontece o atrito cinético entre pneus e pista e, no caso dos freios ABS ocorre atrito estático. E atrito estático é maior que o cinético em relação a pista e, por isso, o carro para de maneira mais segura depois de percorrer cerca de 30 metros. Em pista molhada, o carro para cerca de 40 metros depois da freada. Mesmo com 10 metros a mais, o resultado ainda é melhor do que o espaço percorrido com freios a disco em pista seca.

Outro diferencial dos freios ABS

Outro diferencial dos freios ABS em relação aos freios a disco é que ele possui sensores de velocidade e rotação instalados nas rodas que verificam cerca de 20 vezes por segundo a velocidade de rotação do pneu e a velocidade do carro. Quando o carro percebe que a velocidade da roda diminui muito, o sistema ABS controla o freio de forma gradativa liberando e contendo alternadamente a rotação da roda, sem deixá-la travar. Por isso é que o motorista sente o pedal vibrar quando os freios ABS entram em ação.

Freios ABS são itens de série

Segundo as resoluções 311 e 312 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), de 2009, os freios ABS são itens de série em todos os veículos novos saídos de fábrica a partir de 2014, nacionais e importados. Além deles os airbags frontais também foram incluídos na lista de itens obrigatórios sem custos extras ao comprador. Outros acessórios obrigatórios são as luzes de freio, temporizador do limpador de para-brisa, limpador e desembaçador de vidro traseiro, travas de vidros elétricos, cintos de segurança, macaco, triângulo, estepe, e direção hidráulica.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Post Comment