Farol de milha: Para que serve? Como escolher?

Farol de milha: Para que serve? Como escolher?

Funcionando como uma iluminação complementar para momentos específicos, o farol de milha é um acessório muito procurado tanto entre quem quer garantir a segurança quanto por quem quer customizar o seu veículo. Antes de sair por aí comprando o farol mais bonito ou mais vendido, entretanto, é preciso saber o que deve ser avaliado nessa escolha. Assim, continue lendo e veja como escolher o farol mais adequado nesse caso.

Avalie o alcance o facho

A principal característica do farol de milha é que ele possui um alcance maior, iluminando uma área mais abrangente. É por isso que ele também é chamado de farol de longo alcance e é por isso que é necessário que você preste atenção especial no alcance do facho.

Se o alcance for muito baixo então é sinal de que esse tipo de farol é um farol de neblina. Já um alcance excessivamente alto não é permitido por lei e, portanto, você deve se manter dentro de uma faixa específica para que não seja multado.

Veja a abertura lateral

Também é importante pensar em qual é a abertura lateral desse tioi de farol. Isso porque o ideal é que esse farol contenha um alcance menor – ou seja, que se espalhe menos. Com isso, enquanto o farol de neblina é mais largo e abrange uma área maior em largura, o farol de milha deve ser mais estreito e focar mais na iluminação à frente.

Essa avaliação é importante porque se o farol for muito largo então ele provavelmente será um farol de neblina e, principalmente, não fornecerá exatamente o resultado esperado de iluminação de longo alcance.

Cuidado com o tipo de lâmpada

Visando à estética e estilo do veículo muitos motoristas acabam por escolher faróis de xênon – ou xenônio. Embora isso pareça inofensivo, a legislação é bem clara e proíbe expressamente o uso desse tipo de lâmpada.

Com isso, a menos que o seu veículo já venha equipado com esse tipo de iluminação, escolher um farol de milha xênon é garantia de receber uma multa e alguns pontos na carteira. No geral, o mais recomendado é optar por opções de iluminação mais quente ou mesmo de LED para evitar que ocorram problemas com a fiscalização.

Tenha atenção à intensidade da lâmpada

Também é necessário que você mantenha atenção à intensidade da lâmpada para se manter dentro do nível que o seu carro realmente tolera. No geral, o veículo suporta uma lâmpada que tenha até 60 watts sem que haja qualquer prejuízo para a fiação.

Acima desse valor, começa a haver uma sobrecarga se não for utilizado um relé, que funciona como uma espécie de adaptador e divisor de voltagem. Por isso, é muito importante que você tenha certeza sobre a intensidade da lâmpada antes de adquirir os faróis e opte por um conjunto que fique abaixo desse valor.

O farol de milha é muito utilizado para garantir a segurança em locais com pouca ou nenhuma iluminação e, como é mais comum, também para fins estéticos. É muito importante, entretanto, que todos os cuidados na escolha desse farol sejam tomados até mesmo para evitar voltas e punições.

Post Comment